Alienum phaedrum torquatos nec eu, vis detraxit periculis ex, nihil expetendis in mei. Mei an pericula euripidis, hinc partem.

Eventos

Lar da Mamãe Clory / Assistência Social  / Oficinas de Artesanato: Como estimular o aprendizado das crianças?

Oficinas de Artesanato: Como estimular o aprendizado das crianças?

Nem só de português e matemática vive o aprendizado das crianças. Por meio das oficinas de artesanato no Lar da Mamãe Clory desenvolve-se cidadania, sociabilidade, funções cognitivas e emocionais.

Ainda que seja uma fofura o encontro de crianças brincando, este é um momento de grande aprendizado. E por que no ambiente escolar seria diferente? É por este motivo que as aulas de conteúdo lúdico, como as oficinas de artesanato no Lar da Mamãe Clory são essenciais para desenvolvimento dos pequenos.

É fato que existem diversas formas de trabalhar aquilo que chamamos de aprendizado. Há pessoas que conseguem receber e reter melhor as informações que lhe chegam por meio do som, outros por imagens ou também pelo envolvimento com a ação. Assim, temos pessoas com maior memória sonora, ou visual e ainda sinestésica.

Contudo, essa é a grande riqueza de poder se trabalhar em grupo. Habilidade inerente das crianças que conseguem perceber que o diferente é bacana porque acrescenta às suas habilidades. Daí a grande maravilha de observar as crianças interagindo entre si.

Durante as oficinas de artesanato, independentemente da idade dos alunos, porque os adultos adoram também! Estimula-se o cérebro a realizar sinapses – ou conexões neurais – tão estimulantes que são recomendadas até como tratamento! A chamada arteterapia.

Fique por dentro das novidades do Lar da Mamãe Clory!

Cores e texturas

Evidentemente que a primeira coisa que vem a nossa mente ao falarmos de artesanato são cores. E que delícia! Quem resiste uma tela branquinha, pronta para receber cores e colagens, expressando tudo aquilo que não sabemos colocar em palavras? Pois é, tem dias que essa atividade será possível. Em outras aulas serão explorados outros caminhos, tão divertidos quanto.

Certa vez houve uma proposta interessante. A caça ao tesouro. Você já notou como o nosso lixo pode ser incrivelmente rico? Pois é. Aqui entra o aprendizado da sustentabilidade. O que pode ser reciclado, o que pode ser reaproveitado, o que pode ser restaurado, e por aí vai. Quem nunca se surpreendeu com o tesouro recuperado com uma demão de tinta?

Autoconhecimento

Assim as crianças também podem explorar outros aprendizados, principalmente, sobre as emoções e saúde delas. Cada vez mais sedentários e conectados, nossos jovens têm pouco conhecimento sobre si mesmos.

Conhecimento corporal

Durante as oficinas de artesanato as crianças e adolescentes precisam se movimentar. Assim, as telas presentes são aquelas que podem ser coloridas. As eletrônicas ficam da porta para fora, estimulando assim, a coordenação e movimentação do corpo.

 

Por exemplo, quando em fase de crescimento, principalmente os meninos, costumam esbarrar muito nas coisas porque perdem a referência sobre o seu próprio crescimento. O tamanho do pé muda, a forma do braço ganha tônus, as calças ficam curtas, entende?

E o que a oficina de artesanato tem com isso? Observe que o aprendizado é sutil. Por exemplo, ao lixar uma caixa de madeira, esse jovem vai perceber que seu braço agora tem mais força. Que ao ajudar o colega a transportar o material, ele movimenta o corpo de tal forma a não derrubar o trabalho dos outros. Aqui existe a consciência espacial.

Conhecimento emocional

Enquanto o conhecimento emocional que vai sendo descoberto por meio das oficinas de artesanato é ainda mais sutil. Mas pode ser de profunda transformação. Aqui no Lar da Mamãe Clory, atendemos crianças e jovens em condições de vulnerabilidade social. E o que isso quer dizer?

Nosso processo de acolhimento recebe crianças que passam por situações de abuso, violência doméstica, déficit de atenção, entre outras questões psicológicas. Como falar sobre os sentimentos pode ser uma dificuldade, por meio da arte e do artesanato, o cérebro consegue acessar essas emoções e colocá-las para fora de múltiplas formas.

Desta forma, as oficinas de artesanato se tornam essenciais para esses jovens e crianças. O desenvolvimento sócio emocional cognitivo por meio da arte é científico inclusive. Para ilustrar, Nise da Silveira foi a primeira profissional da medicina em trabalhar com arte terapia no Brasil. Seus pacientes tiveram excelentes resultados por meio da escultura, pintura e colagem como forma de expressão.

Aprendizado para a vida

Com os trabalhos que realizamos algumas das crianças e jovens que já passaram aqui pelo Lar, levam consigo diversas recordações das atividades que desenvolvemos. Ainda, há aqueles que encontraram também suas vocações e aprendizados que levam para a vida.

Evidentemente que há dias mais difíceis que outros, que nem todas as aulas fluem maravilhosas como propagandas de margarina. Há dias onde há conflitos, porém, engana-se quem pensa que passar por frustração não faz parte do aprendizado.

Sem dúvida que o erro é uma constante nas oficinas de artesanato. Não é todo desenho que fica bonito, muito menos uma costura sai perfeita na primeira vez à máquina. Com certeza a perfeição fica do lado de fora do ateliê! E isso, para falar a verdade, é um alívio! Afinal, este é um espaço que permite o erro, o fracasso. Sabe por quê? Para fazer de novo. Para fazer diferente. Fazer até melhor. Onde você pode exercitar o erro no mundo de hoje?

Arte como porta de saída, ou seria porta de entrada?

Nossas atividades aqui no Lar da Mamãe Clory são custeadas por meio de recursos próprios. Ou seja, por meio de doações, bazares e outras ações de arrecadação. A venda de peças produzidas que são produzidas nas oficinas de artesanato também ocorre. Mas deixe o pensamento de “coitadinhos” lá fora. Aqui dentro há realmente grandes talentos.

Leia também: Como o trabalho social pode transformar vidas.

Hoje, o artesanato está inserido dentro da categoria de economia criativa, um dos setores considerados estratégicos da nova economia, segundo o próprio Sebrae. De forma, que podemos entender que as crianças e jovens que participam hoje das nossas oficinas podem ser os profissionais do amanhã.

Bem, a verdade é que isso já acontece e não é de hoje. Muitas pessoas que já passaram aqui pelo Lar da Mamãe Clory puderam aprender diversas técnicas de artesanato, como costura, pintura em tecido, bordado, crochê, tricô e outros. E a partir disso, algumas pessoas fizeram desse aprendizado uma fonte de renda.

Hoje para as crianças e jovens, as oficinas de artesanato têm uma programação especial para atendê-las em múltiplas necessidades. Como já abordamos, o acolhimento feito por meio das atividades vai desde aprendizado corporal ao emocional. Agora, o conteúdo de história da arte é abordado? Até poderia sim, depende da turma e da proposta. No entanto, o intuito é permitir que o aprendizado lúdico seja o principal.

Oficina de artesanato: Brincar de Aprender

Assim, voltamos ao nosso início. Ao observar crianças brincando entre si, longe de telas de smartphones, notebooks e outros. Podemos notar como elas aprendem ao interagir com o outro. Com o colega que é diferente dela, como elas resolvem quando são contrariadas, ou quando estão diante de uma decisão: roxo ou amarelo?

Será que hoje estamos dando espaço para as nossas crianças e adolescentes aprenderem essas coisas? Tal como na oficina de artesanato, onde o erro é valorizado hoje? Talvez devêssemos ficar menos preocupados com o ter e receber, e simplesmente nos permitir brincar. Estar e ser feliz naquele momento presente. O que você acha? Venha nos fazer uma visita.

Agende uma visita ao lar!